(31) 99494-4545

Notícias

Por que mentir para o cliente é uma péssima ideia

A ideia de que vendedor bom é aquele que convence o cliente pela conversa fiada não faz mais sentido.

Contagem outdoor vender anunciar sem mentiras Por que mentir para o cliente é uma péssima ideia   Outdoor em BH, Contagem, Betim   Contagem Outdoor

Por que mentir para o cliente é uma péssima ideia.
Escrito por Carlos Cruz, especialista em vendas

O mercado está muito mais exigente e o cliente não se ilude com argumentos fracos e frases prontas. Não basta dizer que seu produto é melhor que o da concorrência, é preciso dizer quais são os benefícios daquilo que se está propondo ao cliente para atender suas necessidades. Mentir então, nem pensar.

Existem vários fatores que contribuem para que um profissional feche um contrato: capacidade investigativa, uma boa argumentação, agilidade no atendimento, um serviço ou produto de qualidade que atenda as necessidades dos clientes e, principalmente, credibilidade.

Alguns perfis de vendedores não são mais aceitos e essa mudança aconteceu há muito tempo. Normalmente, essas pessoas adotam atitudes, como a mentira, que possuem um efeito contrário e afastam os compradores. Vendedores que utilizam a mentira, em alguns casos, são despreparados, e isso faz com que digam coisas inadequadas.

No passado, como o cliente não tinha tanto acesso como hoje, vendedores bons de papo até conseguiam vender, mas hoje o mercado mudou e o comprador está cada vez mais preparado e informado.

Saber se expressar é sempre importante, mas isso não garante um negócio bem sucedido. Provavelmente essa postura terá um efeito rebote, pois o vendedor que fala demais e tenta iludir se torna chato e cansativo, o comprador fica com a sensação de que está perdendo tempo ouvindo conversa fiada.

Conseguir convencer o cliente a realizar uma compra errada ou que lhe causará uma frustração certamente refletirá em uma experiência negativa para este cliente que não só jamais voltará a fazer um novo negócio como irá ecoar isso para outros consumidores.

Fonte: Revista Exame

Tags: | | | | |

Os comentários estão fechados.